terça-feira, 26 de novembro de 2013

Instalar o Datasul EMS 2.06/5.06 em uma estação LINUX




Sei que esse fato não é um grande fenômeno rsrsrs também não é um fato inédito e certamente não é nada complexo, porem isso pode acabar dando uma luz para quem está tentando fazer o mesmo. Instalar o progress em um servidor linux não é um problema, o problema para mim seria fazer o EMS 206 funcionar em uma estação linux. Foi mais simples do que imaginava. Vamos a receita de bolo.
O ambiente em questão é o seguinte:
  • Um servidor Microsoft Windows Server 2008 como PDC (AD) e o Datasul instalado (progress) e uma pasta compartilhada (datasul) que contem a pasta dos scripts e dos programas. Host “servdata” com IP 192.168.1.1
  • Um computador com Linux Ubuntu 7.10 (computador com acesso a internet). Host “producao01″ com IP 192.168.1.100
  • Foi criado no AD (windows server 2008) um usuário chamado “linuxwork” com senha “Ubuntu2009″
  • Na estação com linux (Ubuntu 7.10) há um usuário local chamado “operador” com senha “work2154″

NÃO É NECESSÁRIO AUTENTICAR O LINUX NO AD WINDOWS
CUIDADO AO DIGITAR NO LINUX, ELE FAZ DIFERENÇA ENTRE MAIÚSCULA E MINÚSCULA
Meu primeiro passo foi instalar o WINE na estação Linux. Com o wine será possível instalar o OpenEdge na maquina local. No Ubuntu o processo de instalação é muito fácil, de forma gráfica basta clicar em SISTEMA / ADMINISTRAÇÃO / GERENCIADOR DE PACOTES SYNAPTIC
Quando abrir o programa procure (faça uma busca) por “wine“, deverá aparecer wine na lista, então vc clica nele e “marcar para instalação”. Se após a busca não aparecer o wine, pode ser que aumentando as fontes de pesquisa vc consiga encontrar. Feche o Synaptic, abra o SISTEMA / ADMINISTRAÇÃO / CANAIS DE SOFTWARE e marque tudo que tiver para marcar nas abas “programas do Ubuntu” e “programas de terceiros“. Feche e abra o Synaptic novamente, tente procurar o wine e BINGO, instale-o. Em último caso tente digitar “sudo apt-get install wine” em um terminal.
O segundo passo foi mapear a pasta que contem os scripts e os programas datasul no servidor. Supondo que o servidor seja o host “servdata” com IP 192.168.1.1 e tenha uma pasta compartilhada chamada “datasul”, vamos fazer o seguinte: Criar uma pasta no computador local, abra um terminal (Aplicações / Acessórios / Terminal) , agora digite o que está entre as aspas para criar uma pasta na raiz (ou outro lugar que queira) “sudo mkdir /Z” depois “sudo chmod 777 /Z“. Agora que temos uma pasta no computador local vamos mapear. Ainda no terminal digite “sudo vim /etc/fstab“, irá abrir um arquivo para edição, se vc nunca trabalhou com o VIM então pressione a tecla “insert” e agora poderá editar normalmente, vá até a última linha, abra uma linha nova e digite “//192.168.1.1/datasul        /Z     cifs       auto,username=linuxwork,password=Ubuntu2009 ro 0 0“, agora para fechar o arquivo e salvar pressione “esc” e digite “:wq” e enter. Com essa alteração o computador ao ligar estará fazendo esse mapeamento, na verdade o termo correto para isso é montagem, ou sejam, estamos montando no ponto /Z a pasta compartilhada datasul do host 192.168.1.1.
Terceiro passo é instalar o OpenEdge na máquina com linux usando o WINE. O seu OpenEdge deve estar em um CD/DVD ou em alguma pasta da rede, não importa, copie essa pasta que contem a instalação para dentro da estação linux e procure o arquivo “setup.exe”. Teoricamente basta dar dois cliques nele para que o WINE seja acionado e a instalação comesse mas se isso não funcionar clique com o botão direito do mouse no arquivo setup.exe e escolha “Abrir com outra aplicação…” e então na lista escolha “Wine windows emulador”.
No quarto passo temos que fazer uma configuração no WINE, clique em “Aplicações” vá até “Wine” e entre as opções escolha “Configure Wine“. Irá abrir um programinha com várias abas, escolha a aba “Drives“. Nesse local é possível configurar as unidades existentes/necessárias para que possamos emular o windows. Provavelmente haverá a unidade C: e talvez tenha a unidade Z:, se não tiver a unidade Z: terá que adicionar (ADD) e depois com a unidade Z: criada clique nela para seleciona-la e em baixo onde diz “path:” digite “/Z” (sem as aspas), feito isso clique em OK.
No linux falta muito pouco, vamos agora preparar algumas configurações do EMS e do acesso. Antes vamos resumir o que já fizemos. 1 – Instalamos o WINE, 2 – Mapeamos (montamos) a pasta do servidor que contem o banco, 3 – Instalamos com o wine o OpenEdge na máquina linux e 4 – Configuramos o wine (unidade Z:).
No Windows basta instalar o OpenEdge e configurar os atalhos para acessar o Datasul com uma cacetada de parâmetros. Para acessar o EMS 206 por exemplo criamos um atalho que aponta para “C:\OpenEdge\bin\prowin32.exe” mas com todos esses parâmetros “-basekey ‘ini’ -ininame scripts\ems2.ini -pf scripts\param.pf -pf scripts\ems2mult.pf -p \\servdata\datasul\scripts\ems2alias.p -param TEC” resumindo, para você acessar o EMS206 tem que dar o seguinte comando: “C:\OpenEdge\bin\prowin32.exe -basekey “ini” -ininame scripts\ems2.ini -pf scripts\param.pf -pf scripts\ems2mult.pf -p \\servdata\datasul\scripts\ems2alias.p -param TEC“.
Isso deve variar de instalação para instalação, algumas empresas instalam o Datasul mapeando uma unidade (z: por exemplo), outras usam o path (caminho) completo (\\192.168.1.1\datasul ou \\servdata\datasul) e é aí que esse tutorial pode complicar pois isso vai depender de como ficou convencionado o acesso ao seu Datasul. No nosso exemplo o acesso ao Datasul não foi mapeado, é necessário digitar o caminho completo mas apenas para instalações Windows e no Linuz optamos por mapear, sendo assim temos um esquema mais complicado do que o normal. Atente para isso então: No Windows estamos acessando com o caminho \\servdata\datasul e no linux estamos mapeando Z: só para dificultar rsrsrs
Para não ter que chamar esse enorme comando no linux eu achei melhor fazer o seguinte, criar um arquivo de lote do DOS (.bat) contendo todo esse caminho e transformar esse .bat em um .exe para que o wine possa rodar ele, então vamos lá.
O quinto passo seria criar os executaveis para chamar o programa com todos os seus parâmetros.
- Abra o bloco de notas e digite essa linha
start C:\OpenEdge\bin\prowin32.exe -basekey “ini” -ininame Z:\scripts\ems2l.ini -pf Z:\scripts\param.pf -pf Z:\scripts\ems2mult.pf -p Z:\scripts\ems2alias.p -param TEC
digitado essa linha salve esse arquivo como “ems206p.bat”

Então é só seguir esse regra para todos os produtos Datasul
**** Para o EMS206 PRODUÇÃO crie o arquivo ems206p.bat com a seguinte linha
start C:\OpenEdge\bin\prowin32.exe -basekey “ini” -ininame Z:\scripts\ems2l.ini -pf Z:\scripts\param.pf -pf Z:\scripts\ems2mult.pf -p Z:\scripts\ems2alias.p -param TEC
**** Para o EMS206 TESTE crie o arquivo ems206t.bat com a seguinte linha
start C:\OpenEdge\bin\prowin32.exe -basekey “ini” -ininame Z:\scripts\T_ems2l.ini -pf Z:\scripts\param.pf -pf Z:\scripts\T_ems2mult.pf -p Z:\scripts\ems2alias.p -param TEC
e assim por diante
ATENÇÃO
O arquivo ems2l.ini que está em \\servdata\datasul\scripts é na verdade uma cópia do arquivo ems2.ini mas com seu conteúdo alterado. No ems2.ini é usado todo caminho “\\servdata\datasul\” pois é o arquivo de parâmetro para as estações windows, já o ems2l.ini teve esse caminho substituido por “z:\”. Outra coisa interessante é verificar se o arquivo ems2mult.pf contem o IP e não o nome do host, ou seja, substitua todos os “servdata” por “192.168.1.1″, assim não tem erro.
- Criado os .BAT, agora vamos transformar eles em executaveis para que o Wine possa executar os mesmos.
Eu baixei um programa gratuíto da internet e que não é necessário nem instalar. O programa chama-se “Bat_To_Exe_Converter”
Baixe ele e converta seu arquivo BAT para EXE
Para baixar: http://www.f2ko.de/English/b2e/download.php
Para converter online mesmo: http://www.f2ko.de/ob2e/ob2e.html


Após compilado vc terá um arquivo ems206p.exe (para o EMS 2.06 Produção)
Repita isso para gerar todos os executaveis do Datasul.
Sexto passo, basta colocar esses executaveis no C: do WINE, para isso leve esses executaveis para a estação linux (via pendrive, cdrom, lan, … como vc achar melhor) e clique em “Aplicações / Wine / Drive C:“, irá abrir uma pasta onde deve conter no mínimo a pasta windows e openedge (caso vc tenha instalado seu openedge na raiz do C:). Copie e cole seus executaveis aí nesse local.

Sétimo e último passo, agora para terminar vamos criar um lançador (atalho) para abrir o programa Datasul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário